Ricardo Fukuda.jpg

Ricardo Fukuda

Iniciou seus estudos musicais aos 7 anos de idade, inicialmente com o violino, sendo orientado pelo seu tio Yoshitame Fukuda e mais tarde com Erich Lehninger. Logo após opta por começar seus estudos no violoncelo com Zygmunt Kubala na Escola Municipal de Música, prosseguindo-os com Watson Clis e aperfeiçoando-se com Jed Barahal, Richard Markson e David Chew. Estudou musica de Câmara com Walter Bianchi, Chaim Taub (Israel) e Quarteto Takcs (Hungria). Foi semi–finalista no Concurso Eldorado de musica, indicado para bolsa na Academia da Filarmônica de Berlin (Fundação Karajan) também foi vencedor do concurso jovem solista da Orquestra Sinfônica do Estado. Realizou vários recitais em São Paulo e no interior, tanto solos como em musica de câmara com o Quarteto Fukuda. Integrou a Camerata Fukuda, Orquestra Crescendo, Orquestra Nova Sinfonieta. Membro da Bachianas Chamber com quem fez o concerto de abertura da temporada do Carnegie Hall em Nova York (2007- 2008) e também no Lincoln Center nos anos seguintes, é o chefe do naipe de cellos da Bachiana Filarmônica-Sesi SP e foi membro da Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal de São Paulo. Participou de vários cursos e festivais como aluno e fez parte do corpo docente do Festival de Campos do Jordão, foi diretor artístico do Festival de Música Clássica de São Jose do Rio Preto (www.festivalemusica.com.br). Atualmente é professor da Escola Municipal de Música de São Paulo e o Coordenador Artístico do Instituto Fukuda de Música que tem mais de 40 anos de trabalhos e grandes resultados no cenário brasileiro. Onde coordena dois grupos orquestrais do Instituto, o Ensemble Instituto Fukuda, formado pelos professores e do grupo de cellos Fukuda Cello Ensemble, que apresentaram no circuito de musica erudita do SESI-SP nos anos de 2011 à 2013.